Porque hoje eu só quero chorar como um poeta do passado, e fumar o meu cigarro na falta de Absinto.


porque-hoje-só-quero-chorar-como-um-poeta-do-passado-e-fumar-o-meu-cigarro-na-falta-de-absinto
zeca baleiroporquehojequerochorarcomoumpoetadopassadofumarmeucigarronafaltadeabsintoporque hojehoje eusó queroquero chorarchorar comocomo umum poetapoeta dodo passadoe fumarfumar oo meumeu cigarrocigarro nana faltafalta dede absintoporque hoje euhoje eu sóeu só querosó quero chorarquero chorar comochorar como umcomo um poetaum poeta dopoeta do passadoe fumar ofumar o meuo meu cigarromeu cigarro nacigarro na faltana falta defalta de absintoporque hoje eu sóhoje eu só queroeu só quero chorarsó quero chorar comoquero chorar como umchorar como um poetacomo um poeta doum poeta do passadoe fumar o meufumar o meu cigarroo meu cigarro nameu cigarro na faltacigarro na falta dena falta de absintoporque hoje eu só querohoje eu só quero chorareu só quero chorar comosó quero chorar como umquero chorar como um poetachorar como um poeta docomo um poeta do passadoe fumar o meu cigarrofumar o meu cigarro nao meu cigarro na faltameu cigarro na falta decigarro na falta de absinto

Agora que consegui parar de fumar quero que o cigarro seja banido de todos os lugares pra sempre! É uma desgraça.Odeio cigarro e a minha personagem vai fumar só para chamar a atençãoNão me julgue pelo meu passado. Eu não estou no passado mais. aceitar-me para quem eu sou, porque isso é-me hoje.Eu sinto sua falta quando eu rir e chorar porque eu sei que você é o único que faz o meu riso crescer e minhas lágrimas desaparecer.(Sobre o prazer de fumar e despejar e voltar a encher o cachimbo) O meu objectivo consiste em fumar, mas, em resultado disso, as coisas tendem a entupir-se, receio. Também a vida é muito parecida com o acto de fumar, especialmente o casamento.Eu nunca me arrependo de nada que eu fiz no meu passado porque conduziu a quem eu sou hoje e que vou me tornar amanhã.