Não há paz onde cante a galinha e cale o galo


não-há-paz-onde-cante-a-galinha-e-cale-o-galo
nãohpazondecantegalinhacalegalonão háhá pazpaz ondeonde cantegalinha ee calecale oo galonão há pazhá paz ondepaz onde cantecante a galinhaa galinha egalinha e calee cale ocale o galonão há paz ondehá paz onde canteonde cante a galinhacante a galinha ea galinha e calegalinha e cale oe cale o galonão há paz onde cantepaz onde cante a galinhaonde cante a galinha ecante a galinha e calea galinha e cale ogalinha e cale o galo

Não me cante cançãµes do dia, pois o sol é inimigo dos amantes. Cante as sombras e a escuridão, cante as lembranças da meia-noite.A bom marido, cevá-lo com galinha da par do galoA galinha que cacareja ou tem ovo ou chama galoTecendo a ManhãUm galo sozinho não tece uma manhã:ele precisará sempre de outros galos.De um que apanhe esse grito que elee o lance a outro; de um outro galoque apanhe o grito de um galo antese o lance a outro; e de outros galosque com muitos outros galos se cruzemos fios de sol de seus gritos de galo,para que a manhã, desde uma teiaDentro da capoeira de onde irá a matar, o galo canta hinos à liberdade porque lhe deram dois poleiros.Onde há fé, há amor; Onde há amor, há paz; Onde há paz, há Deus; Onde há Deus, não há necessidade.