Há sempre uma mulher na origem de todas as grandes coisas.


há-sempre-uma-mulher-na-origem-de-todas-as-grandes-coisas
alphonse marie louis de lamartinehsempreumamulhernaorigemdetodasasgrandescoisashá sempresempre umauma mulhermulher naorigem dede todastodas asas grandesgrandes coisashá sempre umasempre uma mulheruma mulher namulher na origemna origem deorigem de todasde todas astodas as grandesas grandes coisashá sempre uma mulhersempre uma mulher nauma mulher na origemmulher na origem dena origem de todasorigem de todas asde todas as grandestodas as grandes coisashá sempre uma mulher nasempre uma mulher na origemuma mulher na origem demulher na origem de todasna origem de todas asorigem de todas as grandesde todas as grandes coisas

Todas as coisas difíceis têm sua origem no que é fácil, e grandes coisas em que é pequena.Há uma mulher no início de todas as grandes coisas.A variação quantitativa de tensão da realidade originária dá origem a todas as coisasNo coração de uma linda mulher, quem ousa limitar ambições? Não é certo que os maus pensamentos, ao transluzirem nos olhos imperiosos dela, depuram-se ali da sua maldade, para despertarem grandes virtudes no coração do homem? Que é a mulher neste mundo, senão um ente privilegiado, para quem as leis repressivas são uma injúria? Como é que o homem, com a frágil feitura do seu código de leis, ousa intimidar, punir, julgar e condenar uma aspiração sempre grandiosa, como são todas as aspirações desferidas na harpa intima do coração da mulher-anjo?Algumas pessoas pensam que ter seios grandes faz uma mulher estúpida. Na verdade, é exatamente o oposto: a mulher que tem seios grandes torna os homens estúpidos.Todas as coisas boas devem chegar a um fim, mas todas as coisas ruins podem continuar para sempre.