As pessoas que não assumem riscos geralmente cometem cerca de dois grandes erros por ano. As pessoas que assumem riscos geralmente cometem cerca de dois grandes erros por ano.


as-pessoas-não-assumem-riscos-geralmente-cometem-cerca-de-dois-grandes-erros-por-ano-as-pessoas-assumem-riscos-geralmente-cometem-cerca-de-dois
aspessoasnãoassumemriscosgeralmentecometemcercadedoisgrandeserrosporanoas pessoaspessoas queque nãonão assumemassumem riscosriscos geralmentegeralmente cometemcometem cercacerca dede doisdois grandesgrandes erroserros poras pessoaspessoas queque assumemassumem riscosriscos geralmentegeralmente cometemcometem cercacerca dede doisdois grandesgrandes erroserros poras pessoas quepessoas que nãoque não assumemnão assumem riscosassumem riscos geralmenteriscos geralmente cometemgeralmente cometem cercacometem cerca decerca de doisde dois grandesdois grandes errosgrandes erros porerros por anoas pessoas quepessoas que assumemque assumem riscosassumem riscos geralmenteriscos geralmente cometemgeralmente cometem cercacometem cerca decerca de doisde dois grandesdois grandes errosgrandes erros porerros por ano

Pessoas que não se arriscam geralmente cometem dois grandes erros por ano. Pessoas que se arriscam normalmente cometem dois grandes erros por ano.Não há quem não cometa erros, e grandes homens cometem grandes erros.Os grandes erros que se cometem na vida são erros recorrentes. É mesmo essa repetição o que nos define.Algumas pessoas nunca cometem os mesmos erros duas vezes. Descobrem sempre novos erros para cometer.As pessoas definem-se melhor pelas mais insignificantes infidelidades que cometem em relação a nós, que pelas grandes que cometem em relação aos outros.Os grandes acontecimentos históricos geralmente estão ligados a um sistema social como um todo. O resultado é que para o espírito moderno típico assumem um caráter catastrófico, com tudo o que isso representa na forma de choque emocional e confusão intelectual.